Em divulgação publicada nas redes oficiais da Prefeitura de Senador Sá três conselheiros tutelares suplentes foram convocados a assumir as vagas. A convocação visa o preenchimento da equipe que estava funcionando incompleta, dificultando o cumprimento das demandas e garantia dos direito das crianças e adolescentes do município.

    Uma das vagas surgiu com a renúncia da conselheira Veriany Araújo que foi eleita nas eleições para o legislativo senadorsaense. As outras duas após demissão, ocorrida em Dezembro de 2020 segundo informou o poder executivo, dos conselheiros Robson Ernerto e Junikelly Siqueira.

  Para preenchimento das vagas entram no grupo as suplentes Mara Oliveira, Valdilúcia Alves e Daniele Araújo. Esses tem até o dia 18 de janeiro para assumir o cargo ou não. Com isso e equipe retorna aos cinco membros, que devem garantir o efetivo funcionamento do conselho tutelar de Senador Sá.