Business

Portal Sobral Online vem a Senador Sá, conversa com morador e sec. de saúde sobre concurso, situação e ações de enfrentamento ao covid-19.


    Durante a manhã da terça-feira, 14 de Julho, segundo repassou o repórter a vinda ao município foi a partir de solicitações. Em duas Lives o portal conversou com um senhor morador de Senador Sá, Alberto Fontelene, e em um segundo momento com a secretária de saúde, Roberta Vasconcelos. 

   Em conversa com sr Alberto (vídeo abaixo) os pontos abordados foi sobre o concurso público que o município iniciou nesse mês e tem prova, presencial, marcada para 2 de Agosto onde o morador expôs sua opinião sobre o certame. Segundo informou, o portal foi até a prefeitura e não encontrou quem respondesse em nome do poder executivo.

   Logo após o repórter conversou com a sec. de saúde, Roberta Vasconcelos, (vídeo abaixo) onde questionou as ações de combate e prevenção ao covid-19, opinião de Roberto quanto ao concurso e sobre disponibilização de informações epidemiológicas. 

____________________________________
   É bom observar e relembrar

1. O fato é que a realização do certame em meio a situação de pandemia é um risco e contradiz as orientações tanto da Organização Mundial da Saúde quanto do Ministério da saúde brasileiro e vai em contradição com o trabalho de conscientização e iniciativas desenvolvidas pela secretaria de saúde de Senador Sá;

2. Atualmente o município teve uma baixa nos índices de contaminação do vírus, porém o risco de uma segunda onda é existente e até alertado por profissionais locais da saúde;

3. Apesar de demorar a ter iniciativas práticas como barreiras, higienização e desinfecção em locais públicos. Fato que vai em desacordo com afirmativa da reportagem. Tendo em vista que desde o início com informativo educativo nos meios de comunicação do município. Difusão rápida de informações onde houve a iniciativa da secretaria em criar um grupo com a imprensa local e principalmente sempre atender as nossas solicitações, fato extremamento positivo.

4. O repórter relatou dificuldade em encontrar o boletim epidemiológico, que vai em desacordo com a realidade. Tendo em vista que até o dia 7 de Julho os boletins estavam sendo publicados diariamente e repassado a imprensa que o compartilhava em sites, páginas, redes sociais e rádio local, sendo praticamente impossível ter dificuldades em encontrar essas informação.

Confira os vídeos mencionados:


Vídeo 01 - Entrevista com morador:



Vídeo 02 - Entrevista com secretária de saúde:


Postar um comentário

0 Comentários