Business

Secretaria comenta sobre a atual situação da saúde de Senador Sá, medidas implantadas até o momento.


Senador Sá teve registrado na manha do dia 28 de Maio o primeiro óbito por covid-19 no município. Notícia recebida com extrema tristeza pelos munícipes e pela equipe da saúde do município.
O município ultrapassou 100 casos confirmados nesta semana. Após o primeiro óbito por covid-19 solicitamos mais explicações sobre a atual situação do município e como está o enfrentamento nessa crise de saúde. Uma das informações é que existe no momento outro paciente em estado grave recebendo cuidados hospitalares.
A Secretaria de Saúde nos informou que encaminhou profissionais para a avaliação domiciliar dos familiares, sr. senhor Jacinto, para que tenham o suporte necessário e que a maioria, já foram testados, mas uma parte aguarda o dia ideal para a testagem.
A sec. ressaltou que houve desdo início esse alerta e que esse aumento significativo tem parte da influência por parte dos descumprimentos do isolamento social. E que "tem muita gente ignorante pensando que a COVID-19 é só uma gripezinha". Como também levantou a questão do número de pessoas testadas, "Senador Sá já tem 3,34% das pessoas testadas para COVID-19. Esse número é bem maior quando avaliamos apenas a população da cidade."
Concluiu falando sobre as medidas que estão sendo tomadas em paralelo com as ações educativas e fiscalizadoras. Medidas essas como a implantação de barreiras, medição de temperatura da população, higienização de locais com grande circulação de pessoas e etc
Confira a baixo palavras da secretária de saúde, Roberta Vasconcelos. Concedida ao programa Elton Albuquerque e em seguida entrevista na íntegra e mais esclarecimentos da secretaria de saúde sobre a atual situação de Senador Sá.



ENTREVISTA

BLOG - Qual foi o procedimento nesse caso (sobre o protocolo a ser seguido nesse caso, de óbito)?

SEC. DE SAÚDE - É com profundo pesar que recebemos a notícia do falecimento do Sr. Antonio Jacinto Florêncio. A Secretaria de Saúde, em nome de seus profissionais, vem a público se solidarizar com os familiares do mesmo, um senadorsaense muito querido. O Hospital Regional comunicou à Saúde Municipal e à família do Sr. Jacinto, solicitando a presença de um familiar para a liberação do corpo, que já sairá do hospital direto para o enterro, já que é proibido, nesses casos, o contato direto com o corpo. A Secretaria Municipal de Saúde encaminhou profissionais para a avaliação domiciliar dos familiares para que tenham o suporte necessário. Os mesmos, em sua maioria, já foram testados. Uma parte, no entanto, aguarda o dia ideal para a testagem.

BLOG - Sobre o aumento significativo de casos positivos, como a secretaria vem avaliando a participação da população com as medidas?

SEC. DE SAÚDE - Alguns fatores ruins e outros bons têm contribuído fortemente para o aumento significante de casos confirmados em Senador Sá. Assim como em todo o Brasil, as principais causas ruins são: o desrespeito de parte da população às medidas de distanciamento social, isolamento domiciliar e medidas de proteção. Na Semana Santa e no dia das mães, mesmo após orientarmos as pessoas a não viajar e evitar aglomerações, mesmo que familiares, houve o descumprimento por grande parte das pessoas, acarretando em um grande aumento de casos em até 2 semanas após cada um destes fins de semana. Os profissionais de Saúde estão entregando um termo de responsabilidade para os casos positivos e, diante do descumprimento, o infrator poderá responder judicialmente. Infelizmente, mesmo após tantas mortes no mundo todo, tem muita gente ignorante pensando que a COVID-19 é só uma gripezinha, em especial os jovens, que sequer pensam em seus pais e avós, idosos no grupo de risco. Mas outras ações vêm fazendo elevar significativamente a identificação de casos em Senador Sá: a investigação epidemiológica eficiente, a testagem no período ideal (após o 14° dia do início dos sintomas, já que antes disso o resultado pode dar falso-negativo), a avaliação dos contatos diretos, até que negative a cadeia de transmissão. Vale informar que o Ceará, mesmo sendo o estado que mais testa no país, até agora testou 1% da população, enquanto Senador Sá já tem 3,34% das pessoas testadas para COVID-19. Esse número é bem maior quando avaliamos apenas a população da cidade. Portanto, estamos proporcionalmente testando mais pessoas que a maioria dos municípios do país, do Estado e da Região Norte, com uma investigação epidemiológica eficiente, pois, enquanto em alguns municípios o percentual de positividade das pessoas testadas é de 12- 25%, em Senador Sá é de 45%, resultado de uma investigação epidemiológica eficiente por parte dos profissionais da Saúde.

BLOG - Desses casos, existe outros com sintomas mais graves e/ou que esteja precisando de cuidado hospitalar?

SEC. DE SAÚDE - Sim, o Sr. Lau, como é conhecido. Contanto, observando os panoramas mundial, nacional, estadual e regional, nosso índice de hospitalização é baixo. E mesmo com a triste notícia do óbito de hoje, o Índice de Letalidade de Senador Sá, considerando os 115 casos confirmados até o dia 27/05, é de 0,87%, enquanto o nacional é de 6,2%, o estadual de 7,16%, e em Sobral é de aproximadamente 3%. Rogamos a Deus permanecermos com um baixo índice.

BLOG - Como estão as medidas no momento? Partindo dessa triste notícia, haverão outras medidas?

SEC. DE SAÚDE - Continuarmos com as ações de orientação em rádio, blogs, lives ou postagens em redes sociais, em visitas aos pontos comerciais essenciais, e visitas às residências. Iniciamos nesta semana as atividades em 04 barreiras sanitárias (nas duas entradas da cidade, onde são entrevistados, orientados e têm a temperatura aferida que entra ou irá passar pela cidade, e 01 em frente à lotérica e outra em frente à loja da Marcela, devido aos atendimentos bancários, onde há o monitoramento quanto ao uso de máscara, distanciamento mínimo de 2 metros e as pessoas também são avaliadas, têm a temperatura aferida e, se estiver em estado febril ou com outros sintomas, já são orientadas encaminhadas a uma das Unidade de Saúde após preenchimento de um questionário. Estamos com um trabalho intenso de busca ativa de casos suspeitos, realização de testagem rápida na data ideal para cada suspeito e avaliação dos contatos diretos dos casos confirmados, o monitoramento, orientações e testagem dos mesmos. Iniciamos a desinfecção das ruas e de estabelecimentos comerciais e de prédios públicos, em especial, das Unidades de Saúde e transportes. Nas Unidades de Saúde existe o totem dispensador de álcool gel para os usuários, que obedecem ao distanciamento mínimo de 2 metros e só são atendidos de máscara. Iremos adquirir mais testes-rápidos para continuarmos avaliando todos os suspeitos. Os casos moderados e graves são encaminhados para avaliação médica, ficando os graves, hospitalizados nos hospitais de referência em Sobral.

OBS: Estamos vivenciando um momento de tensão, quando os números de casos positivos e de óbitos ainda não desceram do suposto pico, muitos estados, municípios e o polêmico Governo Federal, falam em começar a liberar precocemente setores não essenciais. E repetimos incansavelmente, devido ao grande número de pessoas suspeitas e mesmo as infectadas que descumprem o isolamento, e ainda, devido ao fato de muitos infectados serem assintomáticos, FIQUEM EM CASA!


PS. Agradecemos a disponibilidade e a transparência por parte do profissionais de saúde do município em nome da secretária de saúde, Roberta Vasconcelos.

Postar um comentário

0 Comentários