Business

Camilo prorroga decreto de isolamento social no Ceará; com uso obrigatório de máscaras e regras mais rígidas




Uso de máscaras passa ser obrigatório. Além do decreto estadual renovado nesta quarta-feira, 6, decreto municipal de Fortaleza estabelece medidas mais duras a partir de sexta, 8


O governador Camilo Santana (PT) anunciou, nesta terça-feira, 5, a prorrogação do decreto de isolamento social no Ceará, em virtude da pandemia do novo coronavírus, por mais 15 dias. A atualização da medida já havia sido antecipada durante coletiva de imprensa no dia 1º e maio e confirmada por Camilo nas suas redes sociais nesse domingo, 3. 
Desta vez, o decreto estadual vem com regras de distanciamento social mais duras, incluindo o uso obrigatório de máscaras a partir desta quarta-feira, 6. Outro decreto, para o município de Fortaleza, começa a valer na próxima sexta, 8, e prevê restrição de pessoas e veículos automotivos em espaços públicos, mais especificamente para pessoas em situação de risco.
De acordo com Camilo Santana, em Fortaleza, haverá restrição na circulação de pessoas e veículos em espaços públicos, como praias, praças, calçadões e parques, permitida somente com devida justificativa, como busca aos serviços essenciais. Também haverá controle nas entradas e saídas da cidade a partir de sexta.
"Passamos esses dias em reunião com a equipe técnica da área da saúde avaliando esse momento da pandemia. Foram apresentados relatórios, inclusive mostrando queda no índice de isolamento e aumento de casos. Foi recomendado por todos os especialistas de tomar medidas mais rígidas nesse momento", afirmou o governador. "Já são quase 1.500 leitos implantados no Ceará, aumento de 63% no numero de leitos. Mesmo com todos os esforços, nosso sistema de saúde tem chegado ao limite".
O prefeito Roberto Cláudio listou cinco novas medidas que começam a valer na próxima sexta. São elas:
1. Restrição de circulação de pessoas e veículos em vias públicas, inclusive mais específicas para pacientes de grupo de risco.
2. Proibição do funcionamento de qualquer atividade formal ou informal que não seja essencial, que agregue pessoas, junte pessoas e acabe criando ambiente de contaminação. Será fortalecida a fiscalização nas comunidades.
3. Supermercados, farmácias, essas atividades continuarão a funcionar normalmente. Serão aplicadas novas medidas de cuidado, prevenção, dentro do funcionamento dessa atividades essenciais.
4. Corpo de Bombeiros, Autarquia Municipal de Trânsito e Policia Militar farão maior controle na entrada e saída de Fortaleza.
5. Obrigação do uso de máscaras, inclusive no ônibus e ao circular nas vias públicas.

Fonte: o povo

Postar um comentário

0 Comentários