Business

Auxílio de R$ 600 poderá ser sacado em caixas do Banco24Horas



O auxílio emergencial de R$ 600 do Governo Federal poderá ser sacado no Banco24Horas. Com o lançamento da plataforma Saque Digital, será permitida a retirada do dinheiro a partir de um código numérico enviado por mensagem ao celular do beneficiário. A tecnologia está disponível para qualquer pessoa utilizar, incluindo os que não possuem conta em banco. No Brasil, existem 23 mil sedes deste banco espalhados em cerca de 800 cidades em todos os estados do País.

O Saque Digital permite aos órgãos do Governo, bancos públicos e outras instituições financeiras que enviem um código numérico para o beneficiário do auxílio. A partir disso, a pessoa pode ir a qualquer caixa eletrônico do Banco24Horas, selecionar a opção Saque Digital na tela, colocar os números do CPF e do código recebido para sacar o dinheiro na sequência.
"O Banco24Horas tem o propósito de promover a inclusão financeira da população por meio de soluções eficientes e seguras que conectam ainda mais as pessoas aos seus recursos financeiros. Portanto, criamos o novo Saque Digital como uma alternativa para o pagamento do auxílio emergencial criado para minimizar a crise econômica do coronavírus”, diz Tiago Aguiar, head de novas plataformas da TecBan, empresa que administra o Banco24Horas.
Segundo ele, a TecBan tem o intuito de auxiliar o País durante à pandemia do coronavírus (Covid-19) e colocar o Banco24Horas para ajudar a população.
VEJA AINDA ____________________________________________

Governo Federal deve antecipar para o dia 10 de abril o pagamento do auxílio de R$ 600 para trabalhadores informais que recebem o Bolsa Família. No caso de mulheres chefes de família, o valor é de R$ 1,2 mil. Quem afirma é o ministro da Cidadania Onyx Lorenzoni, ao Estadão/Broadcast.
O auxílio tem validade de três meses e foi criado por causa da pandemia da Covid-19. Segundo o ministro, os beneficiários receberão a ajuda de maior valor. Ou seja, se for o auxílio emergencial, ele substituirá o Bolsa Família por três meses.
Depois dos informais com Bolsa Família, os próximos beneficiados pelo auxílio serão os trabalhadores informais. A ideia é organizar os cadastros por meio de um sistema que poderá ser acessado pelo celular e dará orientações aos beneficiários.

Fonte: O POVO

Postar um comentário

0 Comentários