PM do Ceará se revolta com proposta salarial governador e começa greve!



   Grupos da Polícia Militar do Estado do Ceará iniciaram uma greve na noite desta terça-feira (18/2), em Fortaleza. O motivo foi insatisfação com reajustes salariais propostos pelo governador Camilo Santana (PT).Policiais dos bairros de Antônio Bezerra e Monte Castelo aderiram à greve. Companhias de cidades do interior também estão aderindo, Juazeiro do Norte, Canindé, Itapipoca e Sobral já sinalizaram positivamente à paralisação dos policiais. No bairro Monte Castelo, em Fortaleza, no Ceará, um grupo de mulheres murchou os pneus das motos e viaturas dentro da Cia do Raio.
O GOVERNO ENVIOU NOTA SOBRE A SITUAÇÃO:

   Conforme a fonte do site tercalivre, a negociação aconteceu dias atrás na Assembléia Legislativa com os representantes das associações de segurança pública e os do governo do estado. Ainda segundo a fonte, o valor do reajuste foi parcelado em três vezes e o montante não agradou a tropa. O 18º Batalhão da Polícia Militar, no bairro Antônio Bezerra, em Fortaleza, foi onde aconteceu a concentração para o início da greve. De acordo com informações cedidas pela fonte, esposas dos policiais começaram a murchar pneus das viaturas: 

Postar um comentário

0 Comentários