Após reuniões e insistência da Comissão gestora do Tucunduba com apoio do CBHC acontece reunião com DNOCS e é acordado reforma do açude como soltura das águas. Confira!

Reunião com setor estadual do DNOCS ocorrida na manha de sexta, 10 de outubro

    Nesta manhã, 10 de outubro, aconteceu audiência com o Diretor Geral do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas - DNOCS (Ceará) sobre as problemáticas e necessidades do Açúde Tucunduba, em Serrota. O encontro foi mobilizado pela comissão gestora do açude e apoiada pelo Comitê de Bacia Hidrográfica do Coreaú  como também o escritório da COGERH - Sobral. Além das instituições o encontro contou com presença dos vereadores Neto AndradeRaul NetoZilma Araújo, Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Senador Sá, lideranças comunitárias da jusante do Açúde, setor jurídico, setor de Inspeção de Segurança de Barragens, setor operacional do Dnocs e pelo Deputado Estadual Romeu Aldigueri.




     Em pauta foi pedido a priorização das obras de reforma da parede do açude uma vez que a mesma encontra-se com problemas estruturais, a calha danificada para que ocorra a soltura das águas afim de solucionar o problema da população que mora na jusante do açude, esses que estão sofrendo sem água para abastecimento e dessedentação animal. 
      O Diretor Geral, Ângelo Guerra, se comprometeu a dar prioridade as obras do Tucunduba onde já nesta segunda-feira a equipe do DNOCS e da COGERH juntamente com a empresa responsável pela obra já irá liberar água e dar início as inspeções para que precedem as obras. "Uma conquista de todos nós da Comissão Gestora do Açúde Tucunduba e dos Agricultores e Agricultoras que moram no entorno! Essa Vitória é nossa." Comentou Jailsom Monteiro sobre o momento.




REVEJA:


Comitê Gestor do Açúde Tucunduba e a Presidência do Comitê de Bacia Hidrográfica do Rio Coreaú reúnem-se para planejar audiência com DNOCS.

Comissão gestora do Açude Tucunduba reuni-se com DNOCS, um dos assuntos foi a reforma da parede do açude. Confira!

Dep. Romeu Aldigueri pede, via ofício, vistoria na barragem do açude Tucunduba, em Senador Sá, para o DAE e a Cogerh



Postar um comentário

0 Comentários