Senador Sá e apenas outros cinco municípios ultrapassam meta do Cadastro Ambiental Rural


     O município de Senador Sá alcançou 135,5% da meta estabelecida pela Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace), no esforço de inscrever gratuitamente pequenos proprietários no Cadastro Ambiental Rural (CAR). Outros cinco municípios ficaram acima da meta: Caridade (126,7%), Baixio (126,0%), Fortim (120,4%), Umari (118,8%) e Canindé (115,0%). O relatório foi apresentado pela coordenação do CAR no Ceará, nesta quarta-feira (11), dois dias depois do fim do serviço.

O atendimento foi prestado durante 21 meses, nos primeiros 109 municípios do levantamento fundiário do Idace. O serviço foi prestado em onze regiões, para proprietários ou posseiros da agricultura familiar com áreas de até quatro módulos fiscais. Ao todo, foram cadastradas 110.583 imóveis rurais, correspondendo a 66,4% dos 166.307 terrenos localizados nos municípios do programa. A região com melhor desempenho foi Iguatu, com oito municípios, que atingiu 89,0% da meta.
O programa teve o financiamento do Fundo Amazônia do BNDES. O resultado contribuiu para o Ceará passar à oitava posição no ranking do CAR por estado, independentemente da área do imóvel ou da atividade principal desenvolvida pelo dono.


O CAR continua

     Pequenos proprietários que deixaram de comparecer ao chamado da Semace devem procurar a prefeitura, os postos da Ematerce ou o sindicato dos trabalhadores rurais do município, onde há computadores conectados à internet e pessoal treinado pela autarquia para fazer o cadastro.

     O recibo do CAR é exigido para contratar com o governo, nos programas de apoio à agricultura familiar. De acordo com a coordenação do CAR, quem já se cadastrou deve esperar as próximas fases de análise e de validação do cadastro. A meta é validar 270 mil cadastro, até 2022.
Conheça mais sobre o CAR aqui. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (85) 3264.8117.

Fonte: SEMACE - Fotos: Jailson Monteiro

Postar um comentário

0 Comentários