Legislativo: 5ª Sessão da Câmara municipal, vota e aprova projeto com a nomeação da areninha - Raimundo Rodrigues Bastos.





        Nesta terça, 15 de Março, os legisladores municipais reuniram-se para a quinta sessão ordinária. Com a ausência do Vereador Raul Neto, que estava em reunião com o comitê da bacia hidrográfica do qual é membro. Os demais parlamentares tiveram um momento calmo com apenas a apreciação e votação de um único projeto de lei, de autoria do poder executivo. O que nomeia a areninha, uma das obras destinadas pelo governo do estado.
      
      O projeto de lei 003/19 nomeia a obra com o nome RAIMUNDO RODRIGUES BASTOS, um dos líderes políticos de Senador Sá falecido ano passado também conhecido como "Raimundo Mamede", pai do vereador Castelo Bastos e da secretária Cristina Bastos, ex vereadora.
        
          Após a leitura do projeto o ver. Cesar Filho pediu a comissão de redação e justiça uma reunião, no momento, para fazer o parecer do projeto. Minutos depois deu continuidade a sessão tendo como parecer favorável, com a justificativa de que a nomeação de lugares do município compete aos legisladores municipais e não ao estado (Fazendo referência a nomeação da obra feita pelo Dep. José Albuquerque aliado político de um dos grupos de oposição - Veja). Assim foi dada a palavra aos demais... 

     O ver. Neto Andrade manifestou-se informando que tendo em vista já haver um projeto de lei com uma nomeação e já publicado oficialmente, o debate sobre a pauta de veria ser maior. Onde o mesmo citou um exemplo em que uma obra foi nomeada por deputados estaduais e que existe uma lei dando esse competência a esses, e reiterou que o debate deveria ter mais tempo. Cesar Filho comentou que em virtude do prazo para essa nomeação via poder executivo não haveria tempo para uma discussão com mais detalhes e que reafirmou que essa competência cabe aos poderes municipais, executivo com aprovação do legislativo. Em tréplica Neto A. ressalva a importância do apoio jurídico na casa está presente nas sessões. Maria do Carmo com a palavra comenta que a casa deve votar o projeto e que a justiça julgue quem tem a competência para o mesmo...

Votação: APROVADO
A favor: 6 VOTOS (Gore-Gore, Daniele C., Zilma Araújo, Neto do Salão, Maria do Carmo e Cesar Filho)
Abstenção: 1 VOTO (Neto Andrade)


Próxima sessão: 05 de Abril

Reveja:



Postar um comentário

0 Comentários