Professor de Língua inglesa, Nicolas Silva, promove Halloween. Festa tradicional da cultura inglesa. confira!



   Em um momento de avaliação e confraternização o professor de Língua Inglesa, Nícolas Silva, proporcionou o Halloween na Escola Nossa Senhora do Amparo (Ensino fundamental) no último dia 31 de outubro, o momento foi realizado com os estudantes do sexto ao nono ano (tarde). 


Professor Nícolas Silva e sua esposa Ellen




    Aconteceu dia 31, que é comemorado nos EUA a festividade, e "foi um sucesso" disse Nícolas, proporcionando o conhecimento de outras culturas e estimulando o aprendizado. Muitos alunos foram caracterizados de acordo com o tema do evento (fantasias em geral), houve a participação do prof. Batista com  DJ JB som, que prestigiou o evento fornecendo luz e som profissional e também tiveram  doces e bolo. (fotos) 
     Evento executado pelo professor de inglês Nícolas Silva com o apoio de sua esposa, Ellen, do coordenador Hélio Ibiapina e diretor Antônio Hélio.




    E para engrandecer o evento a Cia. de Dança Fênix apresentou-se com seu espetáculo premiado:

Apresentação da Cia de Dança Fênix - Espetáculo Pânico




 "Ao professor, coordenação e direção deixamos nossos parabéns pela iniciativa do momento tendo em vista que a educação é uma construção de conhecimentos dentro e fora das salas de aula. E quando existe o desejo de proporcionar e desenvolver uma educação de qualidade, algo acontece. E mais uma vez aos professores que desenvolvem projetos com base na sua área, mas doando-se além de seu horário regular. Parabéns!!" - Jackson Souza






Mais fotos: AQUI!

Informações, fotos e vídeo: Professor Nícolas Silva


Saiba mais...



Origem do Halloween

    A origem da festa do Halloween possui uma grande trajetória, visto ser praticada há mais de 3 mil anos. Ela surgiu com os celtas, povo que era politeísta e acreditava em diversos deuses relacionados com os animais e as forças da natureza.

     Os celtas celebravam o festival de Samhain, o qual tinha a duração de 3 dias, com início no dia 31 de outubro. Nela, além de se comemorar o fim do verão, comemorava-se a passagem do ano celta, que tinha início no dia 1 de novembro. Acreditava-se que nesse dia os mortos se levantavam e se apoderavam dos corpos dos vivos. Por esse motivo, eram usadas fantasias e a festa era repleta de artefatos sombrios com o intuito principal de se defenderem desses maus espíritos.
    Mais tarde, durante a Idade Média, a Igreja começou a condenar o evento, e daí surgiu o nome “Dia das Bruxas”. Durante o Medievo, os curandeiros eram considerados bruxos e por se posicionarem contra os dogmas da Igreja, eles eram queimados na fogueira.
     Assim, na tentativa de afastar o caráter pagão da festa, a igreja promoveu alterações no calendário, de modo que o Dia de Todos os Santos passou a ser comemorado no dia 1 de novembro, o que antes acontecia no dia 13 de maio. Daí que o nome Halloween decorra da junção das palavras hallow, que significa "santo", e eve, que significa "véspera". Com a colonização das terras americanas, a tradição foi incluída na cultura da América, sobretudo nos Estados Unidos. Curioso notar que a tradição do Halloween foi passada de geração em geração, uma vez que não existe nada escrito sobre isso.

História do Halloween nos Estados Unidos

Nos Estados Unidos, a tradição do Halloween é muito forte. Foi trazida por imigrantes irlandeses no século XIX. Desde então, a festa é o maior sucesso. As crianças usam fantasias e batem nas portas das casas dizendo a tradicional frase: “doce ou travessura?” (trick or treat, em inglês). A brincadeira consiste em pedir doces, ameaçando cometer uma travessura a quem negar as guloseimas.
As casas e as ruas ficam decoradas com temas sombrios (bruxas, caveiras, múmias, vampiros, fantasmas, etc.). Uma das marcas mais emblemáticas da festa são as grandes abóboras com rosto e com velas dentro. Atualmente, a comemoração possui um grande valor comercial e a data é feriado nos Estados Unidos. Além dos Estados Unidos, a festa foi difundida por diversos países do mundo, tendo forte tradição no Canadá e no Reino Unido.

Tradições, Fantasias e Símbolos

O pedido de doces realizado pelas crianças está relacionado com a antiga tradição celta. Como forma de apaziguar os espíritos mau as pessoas lhes ofereciam comida. As mulheres celtas faziam um bolo chamado de “bolo da alma”. Já a tradição da vela dentro da abóbora vem do folclore da Irlanda e está relacionada com a figura de “Jack da lanterna”. No entanto, na história original a abóbora era um nabo. Jack era um beberrão que, enganando o diabo, conseguiu escapar do inferno. Ao morrer, Jack não foi aceito no céu, de modo que sua alma passou a vaguear pelas noites usando uma lanterna para iluminar o caminho. A lanterna era feita com um nabo.

História do Halloween no Brasil

    Ainda que no Brasil o Halloween não tenha grande tradição, existem muitas festas temáticas que ocorrem no dia 31 de outubro atualmente. Isso ocorreu por influência estadunidense sendo, portanto, uma comemoração recente no país. No entanto, ainda não é comparada com as festividades que se realizam nos Estados Unidos. Antes não era comemorada, mas desde há 20 anos tem vindo a se tornar um hábito.
    Um dos maiores propulsionares dessa cultura foram os cursos de idiomas no país. Em muitas escolas de línguas se comemora com os alunos a data relacionada com a cultura inglesa e estadunidense. O Dia do Saci foi introduzido no país em 2003 através do Projeto de Lei Federal n.º 2.762. A ideia era celebrar algo que fosse pertencente ao folclore nacional e, portanto, é comemorado no mesmo dia do Halloween: 31 de outubro.

Nenhum comentário:

Atenção!
Ao comentar, escolha as palavras corretas para que seu comentário atinja seu objetivo, expor sua opinião sobre determinado assunto.
Os comentários passaram por moderação da redação e serão publicados, independente do seu conteúdo, caso o comentarista tenha uma identificação válida!
Obrigado por comentar!

Tecnologia do Blogger.