O comercio eleitoral - Quando vale o voto!?



O comercio eleitoral brasileiro, um crime com milhões de cúmplices. Cabrini em sua reportagem mostrou uma realidade que acontece na maioria do território brasileiro. A reportagem mostra como o processo funciona e a cada dia organiza-se e torna-se a maior facção criminal do pais!

"Roberto Cabrini teve acesso a depoimentos reveladores e eleitores que confessaram ter sido abordados para venderem a expressão máxima da democracia - assediados por um político e seus representantes. A proposta? Votos em troca de dinheiro, cestas básicas, emprego, e até material de construção!
A denúncia grave levou Cabrini a uma investigação minuciosa em uma cidade metropolitana de São Paulo. Provas em forma de imagens que sugerem transações ilegais. O ônibus escolar do município, usado para transportar cabos eleitorais e até mesmo um sistema de pulseirinhas foi desenvolvido para controle dos beneficiados. As eleições na pequena Pirapora do Bom Jesus foram realizadas fora do calendário nacional, em 3 de junho de 2018. Uma votação organizada por causa da inelegibilidade do prefeito anterior, que enfrenta várias acusações de irregularidades em mandatos anteriores."

Confira a reportagem:






Nenhum comentário:

Atenção!
Ao comentar, escolha as palavras corretas para que seu comentário atinja seu objetivo, expor sua opinião sobre determinado assunto.
Os comentários passaram por moderação da redação e serão publicados, independente do seu conteúdo, caso o comentarista tenha uma identificação válida!
Obrigado por comentar!

Tecnologia do Blogger.