Header Ads

Municipal: Oposição: Inimiga ou amiga?

      Complicado e perigoso avaliar a oposição política muninipal (Senador Sá). Nas eleições de 2012 a oposição sequer foi capaz de existir e ter forças para enfrentar o atual governo municipal (situação), que conseguiu uma reeleição histórica e esmagadora. O que vemos que ocorreu nesse pléito eleitoral é que a oposição tornou-se uma opção ainda pior que a situação atual. Ainda baseada em restos, apoio, ideias e ideais do desastroso governo do ex gestor R.A. assim a população necessitou escolher o "menos ruim" entre os piores e acabamos fazendo o primeiro prefeito reeleito da história do municipio de Senador Sá.
         Ja nas eleições de 2014, tivemos um número absurdo de grupos políticos e cada um com seus apoios, mas a principal aliança que segundo as partes não foi uma aliança. Isso mesmo, a principal oposição e a situação uniram forças para eleger um deputado. Enquanto isso as novas e demais "oposições" buscaram suas partes do "bolo" chamado eleitores. A população ainda sem entender e com muitos recuando, durante e após o pleito o "pula-pula" e o "período de compras políticas" também conhecido como alianças iniciou. Sem sabermos os detalhes das transações muitos que diziam "opositores" e pregavam "o contra" calaram-se e foram colocados no bolso e tornaram-se "aliados" até a segunda ordem! Após esse período veio a calmaria, esse que vivemos atualmente, onde não se ver, não se ouve e não se fala.
        Hoje, ainda não fala-se oficialmente  em opções para bater de frente com o indicado do atual gestor, nome que também pouco ouvimos algo de concreto. Mas algumas opções ja comerçam a surgir nas conversas politiqueiras. A cerca de um ano e meio das eleições de 2016 Senador Sá oferece a mais pura e plena paz política onde a maioria dos políticos retornaram as suas atividades e casas fora dos nossos limites e os que permanecem na cidade ficam quietos aguardando ordens superiores como robores de  um filme de ficção ciêntifica.
      O que sentimos e o que certamente acontecerá é que a situação de Senador Sá não mudara para melhor tão cedo, pois mesmo que a indicação do atual governo perca o que temos de opção dentro da lista da oposição ou é igual ou é pior para Senador Sá, assim entre a cruz e a espada a população de Senador Sá segue vivendo o ditado " se correr o bicho pega e se ficar o bicho come" e sem saber se a oposição é amiga ou inimiga!

Nenhum comentário

Atenção!
Ao comentar, escolha as palavras corretas para que seu comentário atinja seu objetivo, expor sua opinião sobre determinado assunto.
Os comentários passaram por moderação da redação e serão publicados, independente do seu conteúdo, caso o comentarista tenha uma identificação válida!
Obrigado por comentar!

Tecnologia do Blogger.