Header Ads

Sessão na câmara de Senador Sá 06/05

 
Imagem ilustrativa retirada da internet

     Vereadores, nós gostaríamos que vossos desejos fossem ao nosso favor, o povo, e não a favor de vosso líder, o prefeito. Estão ai nesse plenário para nos defender e não para serem nossos inimigos... (Comentário do blog)
  
    A Câmara Municipal de Senador Sá - Ceará, sob a presidência do vereador Vilane Marques, reuniu-se ordinariamente em sua 9ª sessão, dia 06/05/13, às 10:20hs, no Plenário Pitombeiras. Estiveram presentes além do presidente, os vereadores: Antônio Pereira, Regina Lúcia, Róbson Vasconcelos, Olivalda Barros, Raul Neto, Maria do Carmo, José Mª Carneiro e Cristina Bastos. Ressalte-se por oportuno, que a sessão marcada, regimentalmente, para às 09hs, mais uma vez, teve um atraso de 1:20h, infringindo assim o Regimento Interno da Câmara.

EXPEDIENTE DO DIA – Foram apresentados em Plenário Pareceres das Comissões Técnicas de LRFJ e de FO desta Casa, sobre os Projetos de Lei 03/2013 (LDO) e de Resolução nº 03/2013 – que autoriza a Câmara a celebrar convenio com a Rádio Pitombeiras FM de Senador Sá para as transmissões das suas sessões e, Requerimento nº 08/2013 do vereador Antônio Pereira – solicitando a ampliação da Escola N. Sra. do Amparo e dá outras providências. A vereadora Maria do Carmo – relatora da CFO, usando da palavra manifestou seus respectivos votos pela aprovação quanto ao mérito do projeto de lei nº 03/2013 e desfavorável ao projeto de resolução nº 03/2013, justificando como tese, a falta de recursos financeiros para aprovação. Em tempo, sabe-se, que o Mérito nesta questão, está absolutamente equivocado, pois em tese jurídico-financeira isto não se aplica e não se pode argumentar como resposta para um Plenário constituído por legisladores, o simples fato de que a matéria é inconstitucional porque não existe dinheiro para o cumprimento legal deste diploma. O vereador Raul Neto, dando ênfase ao uso da palavra, argumentou que o projeto de Resolução poderia ser aprovado e não ser, obrigatoriamente, executado agora e pediu aos colegas que vissem a questão por outro ângulo, pois o povo não pode está presente às sessões e precisa acompanhar os trabalhos desta Casa. Em ato contínuo, Raul comunicou ao Plenário que acabara de receber a informação de que o diretor da Rádio Pitombeiras FM, Sr. Roberto Frota, abria mão da cobrança de quaisquer ônus sobre os trabalhos de transmissões das sessões. A vereadora Olivalda Barros, no uso da palavra e em apoio à propositura do colega Raul, expos a importância desta iniciativa para o povo e pediu aos colegas que olhassem com bons olhos esta questão, pois a liberdade de imprensa, de pensamento é um direito constitucional e essencial para apagar a má impressão do papel do vereador em Senador Sá perante a comunidade. Para a nobre relatora vereadora Maria do Carmo, o caso não é simples, mesmo com a isenção do pagamento, cabe ao presidente esta questão, pois existem interesses por trás de disso e pode alguém se aproveitar deste mecanismo para distorcer fatos que o povo não está interessado em ouvir. O autor da propositura Raul, indignado com os entraves antidemocráticos da situação, disse não entender o que realmente quer a relatora, pois argumenta em seu Parecer ser o pagamento o grande empecilho e, agora que foi isento ainda reluta contra um anseio popular? Para ele, o caso não é o dinheiro, mas o espaço que terá a oposição para expor a verdade para o povo ouvir. O vereador Robson Vasconcelos, usando da palavra, disse que diante da isenção do pagamento contratual, era a favor do projeto de resolução, embora tivesse votado em favor do parecer de sua comissão. O vereador Pereira, dando sequência ao uso da palavra, disse que a questão poderia ser resolvida numa conversa entre o presidente da Câmara e o da Rádio, já que há isenção e, disse que era favorável. O diretor da rádio, Barbosa Neto, que por diversas vezes foi impedido de usar a tribuna pela relatora Maria do Carmo e pelo presidente da Câmara, ao fazê-lo após humilhantes tentativas, disse que representava a emissora na ausência do seu presidente, e que a intenção da radio é tão somente transmitir os fatos e, por fim, convidou os vereadores para participarem de uma festinha dedicada às mães no próximo domingo. O vereador Eraldo Batista, presidente da câmara municipal de Uruóca, usando a tribuna desta Casa, ressaltou a importância das transmissões das sessões para o povo e, frisou que em sua cidade, as sessões já são transmitidas, embora seja levada em conta a questão financeira para este momento. A verdade e bom que se diga, ninguém servem a dois senhores – ou serve a Deus ou serve ao diabo. A bancada da situação no legislativo senadorsaense precisa saber o que realmente quer – se é defender o prefeito dela ou o povo que a elegeu? Qual é o mais importante neste contexto?
                                             
ORDEM DO DIA – Foram colocadas em discussão e votação as seguintes matérias: Pareceres Técnicos das Comissões de LRFJ e de FO sobre o projeto de lei nº 03/2013 – LDO –aprovados por unanimidade em única discussão e, Projeto de Lei nº 03/2013 – que dispõe sobre as diretrizes orçamentarias para 2014 e dá outras providências – aprovado por unanimidade em 1ª discussão. O referido projeto deverá voltar a ser apreciado em segunda votação na próxima sessão. E, nada mais havendo a tratar, o Sr. presidente declarou encerrada a sessão e, comunicou aos presentes que a Casa voltará às suas atividades normais no próximo dia 20 de maio, no horário regimental. (Por Mário Sampaio)

Fonte: Blog Senador Sá Online

Nenhum comentário

Atenção!
Ao comentar, escolha as palavras corretas para que seu comentário atinja seu objetivo, expor sua opinião sobre determinado assunto.
Os comentários passaram por moderação da redação e serão publicados, independente do seu conteúdo, caso o comentarista tenha uma identificação válida!
Obrigado por comentar!

Tecnologia do Blogger.