On
    Que Senador Sá é uma cidade pacata,com pouca violência em comparação as demais localidades,que é abusada pelos seus administradores e políticos ambiciosos em geral isso são  fatos. E que este evento nacional, o carnaval, aparentemente não existe por aqui, claro que sabemos dos humildes blocos de carnavalescos senadorsaenses que por anos foram abandonados e humilhados pelos administradores, pois sabemos que neste ano de eleições já até houve uma reunião de alguns blocos e o senhor prefeito Alex que digamos seja ultraconhecida com o ano eleitoral lembrou dos mesmos. 
      O que queremos é que os administradores lembrem-se não apenas quando precisam, no caso das eleições, mas sim todo o seu mandato. Não podemos esquecer de parabenizar o senhor prefeito e o blog senador sá informes que segundo o ultimo o senhor prefeito é um dos melhores administradores desde o lembrado até hoje Nenen Mesquita, ou o blog anda puxando bastante o saco a administração "Valorizando nossa Gente" ou é apenas mais uma superconhecida do ano eleitoral, pois esse status é bem a calhar neste ano. É Senador Sá ultimamente esta vivendo nas estatísticas que para nós que moramos e conhecemos a dura realidade municipal sabemos que essas comemoradas estatísticas municipais fogem em quase toda sua totalidade da nossa realidade, mas o importante este ano é aparecer! 
 (H.Jackson / Comentário / Direto ao assunto)




Prefeituras realizam seis licitações de Carnaval


Prefeituras cearenses estão promovendo licitações para a contratação de empresa especializada na organização, produção e realização de festas como o Carnaval, na semana que antecede o evento. Para evitar irregularidade administrativa, o Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) encaminhou ofício, ontem, à Procuradoria dos Crimes contra a Administração Pública (Procap) para que tome conhecimento e, se considerar necessário, acompanhe as licitações.

O presidente do TCM, Manoel Veras, disse que, por enquanto, não há como afirmar que tais procedimentos sejam irregulares. Como o Tribunal não tem condições de acompanhar "in loco" toas as licitações a serem feitas, na próxima semana, com esse propósito, a diretoria de fiscalização expediu ofício à Procap, órgão integrante da estrutura do Ministério Público estadual, comunicando o fato.

O diretor de fiscalização do TCM, Juraci Muniz Júnior, disse que os dados são do portal das licitações e por outros mecanismos de fiscalização que dispõe, mas não revelou os nomes de todas as prefeituras.

Consulta realizada ao portal, ontem, constatou o registro de seis licitações para o evento Carnaval pelas prefeituras de Beberibe, Palhano, Ubajara, Sobral, Milhã e Viçosa do Ceará

Luizianne
       O TCM confirmou, ontem, a decisão que julgou procedente uma Tomada de Contas Especial realizada na prefeitura de Fortaleza, em 2008. Como consequência Luizianne Lins foi condenada a pagar R$ 4.000,00 porque deixou de enviar o Relatório de Gestão Fiscal (RGF) do primeiro quadrimestre.
Fonte: Diário do Nordeste