On

Nota “0” para a vereadora Maria Do Carmo que recebe  200 h/a como professora sem sequer pisar na escola a qual seu nome está na folha de pagamento que claramente vemos ser fruto de tramóias ilegais e por ter se afastado da comunidade a qual vai atrás de quatro em quatro anos para pedir votos e depois aparenta ter um  ter um lapso de memória  esquecendo dos cidadãos que a elegeram.

Nota “10” para os vereadores João Batista Rodrigues e Paulo Vitor que apesar de cometer seus erros são verdadeiras pessoas da comunidade e fazem ou tentam fazer seu papel como vereador muitas vezes não conseguindo por conseqüência da “BURROCRÁCIA” existente. Mas por ambos terem mais pontos positivos do que negativos merecem nota dez do mês.